Na noite de segunda-feira (07) os Servidores do município de São Carlos participaram da Assembleia do SITESPM-CHR, coordenada pela presidenta do Sindicato Vania Barcellos e pela presidenta da Coordenação Municipal Angela Monego.

 

1- Os servidores presentes da Assembleia repudiaram a proposta do Governo a qual não avançou no reajuste de 2,06%. Na avaliação dos servidores, o Governo possui margem financeira para conceder um aumento real superior a 0,25%;

 

2- Apesar do descontentamento generalizado, os servidores suspenderam o ESTADO DE GREVE e aguardam a partir de agora, que o prefeito Rudi Sander (PP), encaminhe o mais rápido possível o projeto do reajuste dos servidores e da criação do Auxílio Alimentação de R$ 100,00;

 

3- Na mesa de negociação o Governo cedeu e concordou com o Auxílio Alimentação de R$ 100,00 ao invés dos R$ 80,00 da proposta inicial;

 

4- É necessário que os projetos sejam encaminhados à Câmara de Vereadores e votados o mais breve possível para que os benefícios oriundos dos mesmos passem a vigorar a partir do mês de maio, data-base da categoria;

 

5- Foi eleita a comissão formada por professores a qual juntamente com a Secretaria de Educação tratará das adequações necessárias ao Plano de Carreira dos professores para responder a reivindicações da Pauta e também a diversas demandas apontadas pela categoria.

 

O debate promovido é que este estudo esteja concluído o mais tardar em 30 de novembro de 2018.

 

Fazem parte da comissão:

Nilce Schmitz

Marceli Kleim

Rosane Hansen

Maria Marilene

Clarice Assmann

Maria Odete

Angela Monego

Tania Hilesheinn

Sonia Böring

Na noite de segunda-feira (07) os Servidores do município de São Carlos participaram da Assembleia do SITESPM-CHR, coordenada pela presidenta do Sindicato Vania Barcellos e pela presidenta da Coordenação Municipal Angela Monego.

 

1- Os servidores presentes da Assembleia repudiaram a proposta do Governo a qual não avançou no reajuste de 2,06%. Na avaliação dos servidores, o Governo possui margem financeira para conceder um aumento real superior a 0,25%;

 

2- Apesar do descontentamento generalizado, os servidores suspenderam o ESTADO DE GREVE e aguardam a partir de agora, que o prefeito Rudi Sander (PP), encaminhe o mais rápido possível o projeto do reajuste dos servidores e da criação do Auxílio Alimentação de R$ 100,00;

 

3- Na mesa de negociação o Governo cedeu e concordou com o Auxílio Alimentação de R$ 100,00 ao invés dos R$ 80,00 da proposta inicial;

 

4- É necessário que os projetos sejam encaminhados à Câmara de Vereadores e votados o mais breve possível para que os benefícios oriundos dos mesmos passem a vigorar a partir do mês de maio, data-base da categoria;

 

5- Foi eleita a comissão formada por professores a qual juntamente com a Secretaria de Educação tratará das adequações necessárias ao Plano de Carreira dos professores para responder a reivindicações da Pauta e também a diversas demandas apontadas pela categoria.

 

O debate promovido é que este estudo esteja concluído o mais tardar em 30 de novembro de 2018.

 

Fazem parte da comissão:

Nilce Schmitz

Marceli Kleim

Rosane Hansen

Maria Marilene

Clarice Assmann

Maria Odete

Angela Monego

Tania Hilesheinn

Sonia Böring