Vereadores – Chapecó

Para enviar no whatsapp, clique no ícone e envie.

Senhor/a Vereador/a:

Nós Servidores/as Municipais de Chapecó estamos sendo vítimas de duas mentiras:

em janeiro, o Prefeito não fez a reposição da Inflação de 5,45% dizendo que a Lei 173/2020 proibia, enquanto que na verdade,  muitos Prefeitos deram a reposição da Inflação e Chapecó não deu porque não valoriza os Servidores Municipais.

Sem nenhuma necessidade ou imposição legal ou administrativa, o Prefeito  encaminhou o PLC 17/2021 com 14% de desconto ao SIMPREVI e ontem a maioria de Vossas Excelências que apoiam o prefeito aprovaram os 14% dizendo que a lei obriga os Servidores Municipais  pagarem igual aos Servidores Federais, mas a verdade é que nenhum Servidor Federal paga 14% e sim todos pagam as mesmas alíquotas progressivas que a Lei 684/2020 adotou em Chapecó, que a Prefeitura e a Câmara de Vereadores implementaram e já foram aplicadas  no desconto ao SIMPREVI em nossa folha de pagamento de fevereiro e março.

Hoje, na Sessão das 16 horas, na segunda votação, Vossas Excelências podem acabar com essa maldade dos 14% e manter as mesmas alíquotas progressivas dos Servidores da União.

Reposição da Inflação e alíquotas progressivas no desconto salarial ao SIMPREVI,  duas verdades que são direitos  dos Servidores Municipais e que a Prefeitura de  Chapecó deveria
respeitar e efetivar.

A falta da reposição da inflação e os 14% de desconto salarial ao SIMPREVI tiram mais de 10% do valor real do salário dos Servidores Municipais.

Essa é a verdade que maltrata os Servidores Municipais.

 

Adão Valcir Teodoro

Partido PSD

Pressione:

Aderbal Pedroso

Partido PSD

Pressione:

André Caetano Kovaleski

Partido PL

Pressione:

Cesar Antonio Valduga
Partido PCdoB

Pressione:

Claudair Alberto Sanzovo

Partido PSL

Pressione:

Deise Imara Schilke

Partido PT

Pressione:

Delvino Dall'Rosa

Partido PSD

Pressione:

Derli
Maier

Partido MDB

Pressione:

Fernando Cordeiro

Partido PSC

Pressione:

Ivaldo Pizzinatto

Partido PSL

Pressione:

Luiz
Agne

Partido PSD

Pressione:

João
Rosa

Partido PSL

Pressione:

João Siqueira

Partido PP

Pressione:

Marcilei Vignatti

Partido PSB

Pressione:

Mauro Zandavalli

Partido PSD

Pressione:

Nelson Krombauer

Partido PP

Pressione:

Neuri Mantelli

Partido MDB

Pressione:

Sueli
Suttili

Partido PSD

Pressione:

Valdemir Stobe

Partido PTB

Pressione:

Valdir Carvalho

Partido PT

Pressione:

Wilson Cidrão

Partido Patriota

Pressione: