COMUNICADO DE GREVE

postado em: Notícias | 0

COMUNICADO DE GREVE

O SINDICATO DOS TRABALHADORES NO SERVIÇO PÚBLICO MUNICIPAL DE CHAPECÓ E REGIÃO, comunica a toda a sociedade e à Administração Municipal de Sul Brasil, SC, ao Chefe do Poder Executivo Eder Ivan Marmit, que os servidores públicos municipais de Sul Brasil em Assembléia Geral Extraordinária realizada no dia 23 de abril de 2015, deflagraram GREVE GERAL, exercendo o direito constitucional que lhes é facultado, sendo que suspenderão a prestação de serviços, por tempo determinado e de modo pacífico no dia 06 de maio de 2015, a partir das 00h00min até as 12h00min (meio dia).

A Assembléia Geral deliberou pela greve em virtude do não pagamento da reposição salarial integral do último período medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) no percentual de 7, 68% (sete vírgula sessenta e oito por cento) visto que o Projeto de Lei regulamentou a reposição de 6,5% (seis vírgula cinco por cento) sem discutir com o Sindicato da categoria, faltando, portanto o percentual de 1,18% (um vírgula dezoito por cento).

A categoria reivindica:

a)- o pagamento da reposição na íntegra, em seu 100% ( cem por cento), equivalente a   7,68% e que para isso o percentual de 1,18% seja pago na folha de maio de 2015.

b)- posição do Governo com data para concessão de aumento real ao vencimento dos Serviços Gerais;

c)- instauração do Processo de negociação em torno da Pauta entregue em 04/03 ao senhor Prefeito;

A categoria justifica a greve em defesa da negociação com as ponderações a seguir:

1-           Em reunião de Negociação ocorrida no dia 04/03 entre Prefeito e Direção do Sindicato, foi entregue a Pauta de Reivindicações, no momento o Senhor Prefeito afirmou que negociaria com o Sindicato;

2-           Ficou combinado que haveria uma nova reunião para que o Governo  apresentasse proposta sobre as reivindicações, mas para nossa surpresa o Senhor Prefeito encaminhou Projeto de Lei à Câmara de Vereadores com índice de reposição incompleto, sem dialogar com o Sindicato;

3-           Apesar da Presidenta do Sindicato procurar pelo Prefeito e solicitar cordialmente que o Projeto fosse revisto, não houve mudança na posição do Governo;

4-           O fato do Governo não informar a Direção do Sindicato sobre o não pagamento integral da reposição causou um sentimento de descrédito por parte dos servidores frente as suas posições;

5-           O fato  do Governo não chamar a Direção do Sindicato para informar desta posição, antes do Projeto dar entrada na Câmara de Vereadores, pareceu não haver  importância deste com a informação adequada e respeitosa à categoria através do seu Sindicato;

6-           O fato do Prefeito não ter apresentado a Presidenta do Sindicato prazo para aumento do vencimento dos Serviços Gerais,  quando a mesma solicitou, via conversa telefônica, como ficaria esta situação, causou enorme insegurança para este segmento dos servidores.

 Os servidores públicos municipais, através deste sindicato, confirmam, igualmente, que, estão como sempre estiveram e estarão dispostos ao diálogo e à negociação quanto às reivindicações, as quais sejam: pagamento na íntegra da reposição pelo INPC, aumento real ao segmento dos Serviços Gerais e compromisso com a negociação dos demais pontos da Pauta de Reivindicações.

Ficamos a disposição de Vossa Excelência para iniciarmos o processo de negociação e a possibilidade de construção de Acordo Coletivo entre este Sindicato e a Administração Municipal para ser levado à apreciação da categoria em Assembleia Geral.

Solicitando desde já ao Prefeito Municipal, audiência para negociação e discussão do assunto. 

Telefones da Presidenta do Sindicato Vania Barcellos para contato: (49) 8428 2762 ou 9921 6814.

   

                    Chapecó, 29 de abril de 2015.

______________________________________
VANIA MEDIANEIRA DE LIMA BARCELLOS

MD. Presidente do SINDICATO DOS TRABALHADORES NO SERVIÇO PÚBLICO MUNICIPAL DE CHAPECÓ E REGIÃO – SITESPM-CHR. 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × 1 =