Nota de repúdio e solidariedade

postado em: Notícias | 0

O Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal de Chapecó e Região (SITESPM-CHR), depois de ouvir a professora da Rede Municipal de Ensino de Chapecó, Mailan Suelen Câmara, hoje associada do sindicato, vem a público repudiar o vídeo e a manifestação do prefeito João Rodrigues em suas redes sociais.

O sindicato repudia a prática do prefeito que além do ato administrativo de afastamento e instauração de sindicância contra a opinião da professora expressa em sua rede social particular, fora do horário de trabalho, de forma agressiva, exagerada e repugnante grava e publica um vídeo julgando e condenando publicamente a professora de forma prévia antes das conclusões da sindicância que ele mesmo instaurou, negando o direito ao contraditório e de defesa da professora.

Quando o prefeito faz uma interpretação muito particular e equivocada desvirtuando e mudando o sentido da frase irônica utilizada pela professora, e a usa como pretexto para gravar e publicar um vídeo em sua rede social, extrapola o papel da função pública que exerce e utiliza o poder e a audiência de prefeito para uso político.

O sindicato manifesta solidariedade à professora e prestará a assistência necessária para sua defesa administrativa e judicial.

O Sindicato repudia as sucessivas tentativas de políticos e governos de usurparem dos(as) professores(as) a titularidade do processo pedagógico escolar que a exercem nos termos da Constituição Federal e da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional.

Por fim, o sindicato repudia qualquer forma de ódio, prejulgamento ou ameaça contra a referida professora.

Lizeu Mazzioni – Presidente da Coordenação Municipal de Chapecó do Sindicato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

6 + 15 =