Em Assembleia servidores deflagram greve, caso o Prefeito de Águas de Chapecó não negocie com o Sindicato as reivindicações

postado em: Notícias | 0

Aconteceu na noite de terça-feira (30/05), Assembleia do SITESPM – CHR com servidores da Prefeitura de Águas de Chapecó.

Os presentes na Assembleia deflagraram Greve a partir do dia 13 de junho, caso o Prefeito Leonir Hentges (PL) não negocie com o Sindicato as reivindicações dos servidores que são as seguintes:
1- Piso mínimo para os Serviços Gerais de R$ 1.700,00;
2- Aumento de R$ 300,00 nos vencimentos dos demais servidores;
3-Adequação do vencimento dos profissionais da educação com Licenciatura Plena ao Piso Nacional do Magistério retroativo a janeiro de 2023;
4-Pagamento do sobreaviso aos motoristas da Secretaria de Saúde conforme regulamenta o Estatuto dos Servidores;
5-Contagem do tempo de durante a Pandemia para concessão de Licença Prêmio e pagamento de progressões.

O Sindicato tem reunião agendada com o Prefeito para sexta-feira, dia 02 de junho. A Presidenta do SITESPM-CHR Vania Barcellos avalia que os servidores através do Sindicato não querem fazer Greve. “Queremos negociar, mas para acontecer a negociação é preciso que o Prefeito Leonir Hentges se abra para o diálogo. Mantemos expectativas positivas para resolver as pendências na reunião do dia 02, mas caso isto não ocorra seremos obrigados a fazer Greve, não teremos outra opção”, afirma a Presidenta do Sindicato.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 + 3 =